Translate

quarta-feira, 2 de janeiro de 2013

MAIS UMA GRANDE OPERADORA DE TURISMO FECHAS AS PORTAS. A SHANGRI-LÁ ANUNCIA FIM DAS ATIVIDADES E ABAV TENTA MINIMIZAR PREJUÍZOS A CONSUMIDORES. OPERADORAS SE JUNTAM PARA QUE AGÊNCIAS E CONSUMIDORES NÃO SAIAM PERDENDO

A notícia de que a operadora Shangri-lá Viagens e Turismo irá fechará as portas pegou o mercado de surpresa. O presidente da ABAV/RJ, George Irmes, ao saber da notícia tomou algumas medidas para tentar minimizar os prejuízos aos consumidores.

“Enviamos um comunicado ao mercado solicitando às operadoras associadas que concedam descontos ou cobrem o preço de custo para que possamos realocar os passageiros deixados pela Shangri-lá. É um momento de mobilização e cooperação de todos os envolvidos”, ressaltou o presidente da Abav/RJ, George Irmes.

O dirigente está em contato também com o presidente do Sindetur-RJ, Aldo Siviero, e com o presidente da Braztoa, Marco Ferraz, para que, juntos, possam buscar soluções que diminuam os impactos deste acontecimento para consumidores e agências de viagens.

O comunicado na íntegra:

Prezados (as)
Foi com tristeza e preocupação que recebemos, ontem, dia 26/12/2012, a notícia do encerramento das atividades da Shangri-lá Viagens e Turismo, que atuava no segmento há mais de 24 anos e era referência no mercado carioca. A empresa vinha tentando contornar dificuldades financeiras como a escassez de crédito para fazer frente ao endividamento sem obter êxito e já adiantou que irá entrar com pedido de recuperação judicial ou autofalência com intuito de ressarcir eventuais prejuízos de seus clientes.

Assim que soubemos do problema, realizamos uma reunião junto aos diretores e conselheiros da entidade a fim de traçarmos estratégias que pudessem minimizar os impactos para consumidores e agências de viagens.

É um momento delicado para todo o nosso mercado e precisaremos de um esforço coletivo para absorver os passageiros que foram prejudicados.

Desta forma, solicitamos às operadoras associadas que cobrem apenas o preço de custo para a recolocação de passageiros da Shangri-lá.

Às agências que comercializaram pacotes, pedimos que mantenham seus clientes informados de todos os procedimentos e que busquem, junto a operadoras e parceiras, a realização das viagens programadas.

Cumpre alertar que as agências que venderam pacotes desta operadora são solidariamente responsáveis por lei, e não podem desta forma se eximir alegando desconhecimento ou ausência de responsabilidades, devendo portanto, informar e negociar junto a seus clientes da melhor forma possível para que sejam evitadas ações judiciais advindas do descumprimento dos pacotes.

A Shangri-lá disponibilizou o telefone (21) 3221-5400 para atendimento e estará contatando todas as agência de viagens e os passageiros para passar as orientações cabíveis.

Por fim, clamamos pela cooperação de todos os envolvidos na busca por ações que ofereçam o suporte necessário aos passageiros.

Cordialmente,
George Irmes


Abav/RJ promove
reunião com operadoras cariocas
Na busca por tentar minimizar ao máximo os prejuízos causados a passageiros e agências de viagens após o fechamento da Shangri-lá Viagens e Turismo, anunciado no último dia 27, a Abav/RJ promoverá, amanhã, uma reunião junto às principais operadoras cariocas para definir a colaboração de cada uma no caso.

“A intenção é fazermos um esforço coletivo para oferecermos pacotes a preço de custo aos consumidores, facilitando a realização da viagem já programada. As operadoras AIT, Bessitur, CVC, Nascimento Turismo, Navegantes, New It, Time Brazil, Travel Expert, Urbit Et Orbi, Viagens Master e Visual Turismo já se prontificaram a ajudar”, anunciou o presidente da Abav/RJ, George Irmes.

Também foram convidadas para a reunião representantes das operadoras Abreutur, Mk Travel, Nice Via Apia, Transmundi, e Visual Turismo.
Postar um comentário